Governo do Rio de Janeiro Rio Poupa Tempo na Web Informação Pública
Acessibilidade na Web  Aumentar letra    Diminuir letra    Letra normal
PROGRAMA ESTADUAL DE TANSPLANTES
Coordenação Familiar: respeito, cuidado e atenção no processo de doação
Tire suas dúvidas sobre doação e transplante de órgãos e tecidos
Campanha Doe+Vida permite que doadores de órgãos e tecidos se cadastrem virtualmente
PET lança Manual do Paciente de Transplante de Córnea
Artigo Dizer sim à doação de órgãos
Conheça as estatísticas do PET
anterior próximo
Candidato a transplante Profissional de saúde Para ser um doador de orgãos e tecidos, cadastre-se aqui
Ligue 155 - Disque transplante Lista de transplantes

Vídeos

Comemoração do aniversário do PET no Cristo Redentor 25/04/15
xa8bfVkspxE
Comemoração do aniversário do PET no Cristo Redentor 25/04/15
?Mamãe eu quero, mamãe eu quero! Mamãe eu quero doar! ?
Hoje foi dia de comemorar os 5 anos do Programa Estadual de Transplantes! Aos pés do Cristo, fizemos muita bagunça para conscientizar as pessoas sobre a importância da doação de órgãos. Veja o vídeo!

PET
7hpgsDjlDXs
PET
Conheça o PET, Programa Estadual de Transplantes e as pessoas que já se beneficiaram dele. Doação de órgãos é um gesto de amor. Seja você também um doador. Todos podem doar mais vida!

Inauguração da OPO Barra Mansa - 18/04/2015
71vsm5pKLs8
Inauguração da OPO Barra Mansa - 18/04/2015
A Organização de Procura de Órgãos (OPO) de Barra Mansa é a quarta do Estado do Rio de Janeiro. Localizada na Santa Casa, vai funcionar 24 horas por dia, dando assistência a 25 grandes hospitais localizados nas regiões Centro-Sul, Médio Paraíba e Baía de Ilha Grande.

Campanha incentiva doação de órgãos e tecidos
5HUjyM0EzYw
Campanha incentiva doação de órgãos e tecidos
Campanha 'Esperar pra quê?' tem por objetivo aumentar o número de doadores e promover à sociedade um sistema de transplantes eficaz.

Campeão da vida
rSlvUVFBsHU
Campeão da vida
Jonatas da Silva Gonçalves é campeão das pistas de atletismo e da vida. Morador da Baixada Fluminense, 23 anos, participava com destaque de competições de meia maratona, treinando na Vila Olímpica de Belford Roxo, quando teve que parar após descobrir que seus rins não estavam funcionando. Como desistir não faz parte da sua rotina, ele foi em busca de tratamento e passou dois anos fazendo hemodiálise, até precisar ser inscrito na fila por um órgão. Com a abertura do serviço do Centro Estadual de Transplantes pelo Governo do Rio na Tijuca, ele conseguiu ser operado em maio e, assim, começar a importante recuperação para alcançar seu maior objetivo: participar das Olimpíadas de 2016.


veja todos os vídeos [+]



Secretaria de saúde
Links interessantes:
Rio com saúde Rio sem fumo Rio imagem Rio contra dengue