Governo do Rio de Janeiro Rio Poupa Tempo na Web Informação Pública
Acessibilidade na Web  Aumentar letra    Diminuir letra    Letra normal
PROGRAMA ESTADUAL DE TANSPLANTES
Início » Fique por Dentro » Mitos

Mitos

Clique na questão para esclarecer sua dúvida.

Se os médicos do setor de emergência souberem que você é um doador, não vão se esforçar para salvá-lo.

Se você está doente ou ferido e foi admitido no hospital, a prioridade número um é salvar a sua vida. A doação de órgãos e tecidos somente será considerada após sua morte e o consentimento por escrito da sua família.

Voltar ao Topo


Quando você está esperando um transplante sua condição financeira ou seu status é tão importante quanto a sua condição médica.

Não. Quando você está na lista de espera por uma doação de órgão e/ou tecido, o que realmente conta é a gravidade da sua doença, tempo de espera, tipo de sangue e outras informações médicas importantes.

Voltar ao Topo


Necessidade de qualquer documento ou registro expressando minha vontade de ser doador.

Não há necessidade de qualquer documento ou registro. Este documento não tem valor legal algum. Apenas poderá ter um valor simbólico para sua família considerar a sua vontade. Portanto, o mais importante é informar os seus parentes sobre a sua vontade de ser doador.

Voltar ao Topo


Somente corações, fígados e rins podem ser transplantados.

Os órgãos que podem ser doados são: coração, rins, pâncreas, pulmões, fígado e intestinos. Tecidos que podem ser doados incluem: córneas, pele, ossos, valvas cardíacas.

Voltar ao Topo


Seu histórico médico acusa que seus órgãos ou tecidos estão impossibilitados para a doação.

Na ocasião da morte, os profissionais médicos especializados irão revisar seu histórico para determinar se você pode ou não ser um doador. Com os recentes avanços na área de transplantes, mais pessoas podem ser doadoras.

Voltar ao Topo


Você está muito velho para ser um doador.

Pessoas de todas as idades e históricos médicos podem ser consideradas potenciais doadoras. Sua condição médica no momento da morte determinará quais órgãos e tecidos poderão ser doados.

Voltar ao Topo


A doação dos órgãos desfigura o corpo e altera sua aparência na urna funerária.

Os órgãos doados são removidos cirurgicamente, numa operação de rotina, similar a uma cirurgia de vesícula biliar ou remoção de apêndice. Você poderá ter sua urna funeral aberta.

Voltar ao Topo


Sua religião proíbe a doação de órgãos.

O catolicismo, protestantismo, espiritismo, judaísmo, talmud, islamismo, budismo, seicho-no-ie e anglicanismo apoiam a doação de órgãos. Já os hindus, testemunhas de Jeová, Jesus Cristos dos Santos do Últimos Dias (Mórmons) e a Igreja Pentecostal acreditam que a decisão é de inteira responsabilidade do indivíduo, mas não se opõem ao transplante. Os testemunhas de Jeová são contrários apenas à transfusão de sangue.


Voltar ao Topo


Há um verdadeiro perigo de alguém ser drogado e, quando acordar, encontrar-se sem um ou ambos os rins, removidos para serem utilizados no mercado negro dos transplantes?

Essa história tem sido largamente veiculada pela internet, mas não há absolutamente qualquer evidência de tal atividade ter ocorrido. Mesmo soando como verdadeira, essa história não se baseia na realidade dos transplantes de órgãos.


Voltar ao Topo

Ligue 155 - disque transplante

Secretaria de saúde
Links interessantes:
Rio com saúde Rio sem fumo Rio imagem 10 minutos salvam vidas Xô, Zika !!