Governo do Rio de Janeiro Rio Poupa Tempo na Web Informação Pública
Acessibilidade na Web  Aumentar letra    Diminuir letra    Letra normal
PROGRAMA ESTADUAL DE TANSPLANTES
Início » Candidato a transplante » Perguntas e respostas

Perguntas e respostas

Quem deve receber um órgão ou tecido?

Pessoas com problemas graves de saúde, como insuficiência renal crônica, doença cardíaca, pulmonar ou cirrose hepática, por exemplo. Nestes casos, o médico faz uma indicação precisa de transplante de órgãos e/ou tecidos. Já a inscrição na fila de espera é feita a partir de equipes de referência credenciadas pelo Ministério da Saúde, via Sistema Nacional de Transplantes.


Voltar ao Topo


Quem tem prioridade para receber um órgão ou tecido?

Ao admitir que um paciente em estado extremamente grave tenha prioridade em ser receptor, não se fere o princípio da igualdade, mas sim, é preservado o direito à vida. A necessidade do transplante de fígado, por exemplo, pode levar ao câncer, mas se o paciente for transplantado em tempo hábil a cura é provável. Ficar na lista de espera nessas condições significa uma condenação à morte. De acordo com o novo regulamento do Sistema Nacional de Transplantes, pessoas com até 18 anos têm prioridade para receber órgãos de doadores na mesma faixa etária. Além disso, todas as crianças e adolescentes podem se inscrever na lista para transplante de rim, mesmo antes de entrarem em algum tipo de diálise. Segundo o Ministério da Saúde, isso se deve à maior expectativa de vida desses pacientes. Os doadores que tenham alguma doença transmissível também poderão doar para pacientes que tenham o mesmo vírus. Dessa forma, órgãos de um doador que tenha hepatite C, por exemplo, agora já podem ser transplantados em pessoas que também sejam portadoras da mesma doença.


Voltar ao Topo


Quanto tempo leva para receber um órgão ou tecido?

Não é possível delimitar um tempo mínimo ou máximo, tudo depende do órgão ou tecido e do Estado onde o receptor está. O tempo de espera não é o mesmo para todos os órgãos e tecidos.


Voltar ao Topo


Lista de espera

Os receptores são separados por órgãos, tipos sanguíneos e outras especificações técnicas. Esta lista única apresenta uma ordem cronológica de inscrição, sendo os receptores selecionados nessa ordem, em função da gravidade ou compatibilidade sangüínea e genética com o doador. Portanto, a distribuição de órgãos não é somente pelo tempo de inscrição na fila, depende de diversos critérios específicos. A existência desta lista única assegura a seriedade e a transparência de todo o processo.

De acordo com a portaria 2600 do Ministério da Saúde: "Para cada órgão ou tecido disponível, deve ser feita a correlação entre as características antropométricas, imunológicas, clínicas e sorológicas do doador falecido e o CTU correspondente, empregando-se os critérios específicos referentes a cada tipo de órgão, tecido, células ou partes do corpo humano, para a ordenação dos potenciais receptores quanto à precedência."

Consulte sua posição na lista de espera (Ao clicar no link ao lado, você será redirecionado para uma página do Portal do Ministério da Saúde)

Voltar ao Topo

Ligue 155 - disque transplante

Secretaria de saúde
Links interessantes:
Rio com saúde Rio sem fumo Rio imagem 10 minutos salvam vidas Xô, Zika !!